UEL

UEL

A utilização do Paciente 360 no curso de Medicina da Universidade Estadual de Londrina (UEL) comprova como a plataforma contribui para a formação médica. Em 2019, alunos do quarto ano da disciplina de cardiologia fizeram treinamentos com o Paciente 360 durante cinco semanas, com análise de cinco casos clínicos e realização de sessões tutoriais com os professores para tirar dúvidas. O resultado? A nota média dos estudantes passou de 41 em 2018, quando a ferramenta não havia sido usada, para 73 no ano seguinte. Outras disciplinas, nas quais o Paciente 360 não foi utilizado, não tiveram aumento na média de notas.

Os estudantes do quarto ano de Medicina da UEL têm acesso prévio ao tema que será debatido e, em sala de aula, com apoio do Paciente 360, discutem casos clínicos com base na jornada do paciente virtual, apresentado como se estivesse em um consultório. No sexto ano, os alunos acessam em casa os conteúdos da plataforma e depois discutem os casos com os professores. O Paciente 360 também pode ser usado nos primeiros anos do curso, nas disciplinas do ciclo básico.

“O paciente é apresentado como se estivesse em um consultório, inclusive com abordagem do exame físico e exames complementares. A plataforma permite ao aluno experimentar a rotina do consultório, desde o início da faculdade, com mais aproximação da realidade.”

Fabricio Furtado, professor de cardiologia no curso de Medicina da UEL e um dos fundadores do Paciente 360.

Precisa de
mais informação?

Entre em contato conosco que responderemos o mais breve possível!

    São Paulo - SPRua Borges Lagoa, 1083 - cj 44
    Vila Clementino - CEP: 04038-032
    (11) 2838-0744
    Londrina - PRAv. Ayrton Senna da Silva, 500 - cj 1302
    Gleba Palhano - CEP: 86050-460
    (43) 3324-5055